Não binque com Deus!

Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?

Números 23:19

 

Reflita nesse versículo! Deus não se sujeita a fazer coisas que homens fazem! Deus não irá trair, mentir, falhar ou magoar aquele que vive segundo o seu coração! Deus é Deus! Não faça joguinhos com Ele achando que por chantagem Ele sederá a você! Coloque-se no seu lugar de servo, filho e amigo e ame à Deus de todo coração!

Felipe Gui

Natal – 2011

Natal … Ah! O natal, uma época boa para a maioria e ruim para os desgostosos da vida. Vamos olhar somente pro lado bom das coisas ok? Para muitos é uma época onde vemos decorações bélissimas, onde recebemos presentes, onde comemos muito e coisas ótimas etc.

Para muitos (desconta as crianças q recebem uma cultura desde q nascem de q existe) é a vinda do Papai noel.

Papai Noel ou Pai Natal (“Noël” é natal em francês) é uma figura lendária que, em muitas culturas ocidentais, traz presentes aos lares de crianças bem-comportadas na noite da Véspera de Natal, o dia 24 de dezembro, ou no Dia de São Nicolau (6 de dezembro). A lenda pode ter se baseado em parte em contos sobre a figura histórica de São Nicolau.

Enquanto São Nicolau era originalmente retratado com trajes de bispo, atualmente Papai Noel é geralmente retratado como um homem rechonchudo, alegre e de barba branca trajando um casaco vermelho com gola e punho de manga brancos, calças vermelhas de bainha branca, e cinto e botas de couro preto. Essa imagem se tornou popular nos EUA e Canadá no século XIX devido à influência da Coca-Cola, que na época lançou um comercial do bom velhinho com as vestes vermelhas. Essa imagem tem se mantido e reforçado por meio da/dos mídia ou meios publicitários, como músicas, filmes e propagandas.

Conforme a lenda, Papai Noel mora no Extremo Norte, numa terra de neve eterna. Na versão americana, ele mora em sua casa no Polo Norte, enquanto na versão britânica frequentemente se diz que ele reside nas montanhas de Korvatunturi na Lapônia, Finlândia. Papai Noel vive com sua esposa Mamãe Noel, incontáveis elfos mágicos e oito ou nove renas voadoras. Outra lenda popular diz que ele faz uma lista de crianças ao redor do mundo, classificando-as de acordo com seu comportamento, e que entrega presentes, como brinquedos ou doces, a todos os garotos e garotas bem-comportados no mundo, e às vezes carvão às crianças mal-comportadas, na noite da véspera de Natal. Papai Noel consegue esse feito anual com o auxílio de elfos, que fazem os brinquedos na oficina, e das renas que puxam o trenó.

O personagem foi inspirado em São Nicolau Taumaturgo, arcebispo de Mira na Turquia, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo inteiro.

Há bastante tempo existe certa oposição a que se ensine crianças a acreditar em Papai Noel. Os cristãos dizem que a tradição de Papai Noel desvia das origens religiosas e do propósito verdadeiro do Natal. Outros críticos sentem que Papai Noel é uma mentira elaborada e que é eticamente incorreto que os pais ensinem os filhos a crer em sua existência. Ainda outros se opõem a Papai Noel como um símbolo da comercialização do Natal, ou como uma intrusão em suas próprias tradições nacionais.

O que você acha? É certo ou não o fato de o Papai Noel substituir o verdadeiro valor do natal? Pra vc qual é o verdadeiro valor do natal?

Que vc tenha um natal cheio de paz, de graça, de amor e perdão! Que Deus ilumine o natal aí na sua casa e que venhamos a celebar o natal como um memorial do nascimento do Senhor Jesus … Um beijão e um abraço!

Felipe Gui

Construindo relacionamentos

… se a vossa justiça não exceder …

Mateus 5:20

Em sua primária e simples definição, justiça é “a virtude que inclina a dar a cada um o que lhe pertence por direito, razão ou equidade. É o hábito de conformar nossas ações com a lei.” Em direito significa: ” retidão de proceder nas relações com os outros”.

A diferença entre a justiça dos homens e a de Deus, é a de que esta tem uma base sólida e absoluta, firmada no próprio caráter de Deus. Portanto, é perfeita e absolutamente correta. No entanto, no que diz respeito ao relacionamento entre os homens, a prática das injustiças é a tônica mais acentuada que testemunhamos. (Deusteronômio 24:17; Salmos 82:2; Eclesiastes 3:16; Malaquias 2:9)

Um dos básicos propósitos de Deus para o seu povo novo e redimido é que, através dele, a sua justiça se manifeste em todas as esferas dos seus relacionamentos: Na vida pessoal, familiar, comercial etc. É somente assim que a justiça de Deus se manifestará sobre os homens, fazendo-os desejarem ardentemente experimentar esta realidade. A experiência dos cristãos em Jerusalém, por ocasião do surgimento da igreja de Jesus, declara esta verdade. (Atos 2:42-47; 4:32-35).

Naturamente, o estilo de vida que eles refletiamera o resultado de uma real experiência de regeneração, pois do contrário não seria possível expressar a justiça do Reino de Deus. (Mateus 6:33; João 3:3-5).

A justiça do coraçõa só é possível naqueles em quem o Espírito Santo operou a regeneração e nos quais agora habita. John Stott

É por isso que a entrada no Reino de Deus é impossível sem uma justiça maior do que a dos fariseus (Mateus 5:20). É porque tal justiça é evidência do novo nascimento, que ninguém entra no Reino de Deus, sem ter nascido de novo (Efésios 2:10). A justiça do cristão é maior do que a dos fariseus porque é uma justiça do coração. Esta é a justiça que agrada a Deus pois ela é interna, de mente e motivação, “pois o Senhor vê o coração“. (1 Samuel 16:7; Lucas 16:15).

A promessa divina para uma nova justiça de coração era: ” Na mente lhes imprimirei as minha leis…Jeremias 31:33

Como isso seria possível: “Porei dentro em vós o meu Espírito…” Ezequiel 36:27

É esta nova criação (2 Coríntios 5:17), que reflet a justiça, a retidão, a santidade e integridade em toda a sua maneira de viver (1 João 3:10). A justiça do Reino de Deus é praticada em todas as dimensões da vida humana. Criados para boas obras. (Efésios 2:10; 4:24; 1 João 2:29).

Aqui estamos nós diante do grande desafio da vida cristã: sermos parecidos com Jesus.

Em nós, humanamente falando, não há condições de expressar este estilo de vida. Mas agora, em Cristo, onde fomos colocados, em Sua morte e ressurreição, guanhamos a capacidade de manifestar a justiça do Reino de Deus, para onde fomos transportados (2 Coríntios 5:14-15 e Filipenses 2:13-15). Espressar a vida de Cristo é, portanto, mera consciência, pois, “segundo Ele é, também somos nós neste mundo” (1 João 4:17).

  1. Você já experimentou o novo nascimento em sua vida, a fim de manifestar a justiça do Reino de Deus?
  2. Quais são as áreas de sua vida que você não tem conseguido viver no padrão de justiça no Reino de Deus?

Que Deus possa estar abençoando sua vida, beijos e abraços …

Felipe Gui!