Cristianismo X Política

A comunidade evangélica em nosso país soma já alguns milhões, distribuídos em todas as unidades da Federação, na maioria de seus municípios, principalmente nos grandes centros urbanos. Somos uma comunidade de composição diversificada: homens e mulheres de todos os grupos étnicos, de todos os níveis de instrução, de todos os níveis sociais. Retratamos de certa forma, a realidade do país. Simbolizamos a universidade da destinação da mensagem do evangelho: a toda criatura. Somos uma comunidade pluralista com nítida tendência à mobilidade social ascendente.

À nossa presença física e representação numérica não correspondem iguais peso, influência e impacto na vida nacional. Nossa comunidade tem vivido voltada para dentro de si mesma, suas atividades, programações, alegrias e tristezas, endoconcentrada, como uma subcultura, numa consciência de minoria. Passado o tempo da discriminação que nos era imposta, optamos por um auto-isolamento, construindo, em paredes mentais, a realidade nefasta de um gueto. A esse isolamento corresponde uma diminuição da possibilidade de influenciar a sociedade com nossas idéias.

Agora, eu te faço duas perguntas: 

1. A política é mundana, não sendo, portanto, lugar para os crentes? 

 2. Não adianta fazer coisa alguma; devemos pregar o evangelho e aguardar o retorno do Senhor? 

Percebe-se, nitidamente, o desconhecimento de uma teologia política, como uma das dimensões da ética, dentro da teologia sistemática. A leitura dos textos bíblicos referentes ao social e ao político é “espiritualizada”, em deturpação de seu sentido original. Confunde-se, por exemplo, a categoria mundo, que nas Escrituras traduz vocábulos diversos e sentidos vários. Tudo isso se agrava por uma leitura superficial da escatologia pré-milenista: a expectação das coisas futuras nos conduz a uma inação diante das coisas presentes; a realização na pós-história nos faz perder o sentido da história.

“Se não pode ser meu, não é bom; não sendo bom, não devo desejar; não desejando, sem poder alcançar, não me frustro”. 

Em nossa mente — e em nossa teologia popular não formalizada — tem lugar uma divisão das coisas em boas e más. Certas áreas de atividade humana seriam consideradas más, território privado do inimigo, aonde não devemos ir, sob pena de inevitável derrota. Algumas dessas áreas — as artes, os esportes, os meios de comunicação, a política — são justamente as mais importantes em termos de influência para a sociedade como um todo.

Por ignorância, preconceito, ou medo, entregamos de mão beijada o “filé do mundo” a Satanás e nos retraímos para as áreas menos desafiantes. Estamos nos concentrando nas profissões técnicas, executivas e liberais, não contribuindo criativamente com a formação da inteligência nacional. Raros, solitários, incompreendidos e impotentes são os que se aventuram à sociologia, à antropologia, à ciência política, à filosofia e às expressões artísticas e literárias.

A visão da igreja local como um feudo e da denominação como uma tribo, somada a um individualismo extremado, arredio ao associativismo, que tem caracterizado uma das deturpações históricas da ética protestante, somente agrava o quadro. Tudo isso debilita a possibilidade de influência.

O verão do mundo não será feito pelo vôo de andorinhas solitárias, alvos mais fáceis ainda dos caçadores. 

Nas últimas décadas, a presença de evangélicos na política tem se caracterizado pelo individualismo de atuação (além do despreparo ético e científico de alguns), descompromisso com a comunidade de fé, ausência de uma análise crítica global dos problemas e de projetos alternativos, caindo em um imediatismo de medidas da rotina das coisas, de cunho meramente assistencialista e clientelístico.

Sem uma identidade, sem uma contribuição própria, tende-se a seguir a reboque dos diversos líderes, partidos e ideologias, tanto à direita quanto à esquerda. O antipoliticismo de tantos é complementado pelo exagerado adesismo de muitos.

O texto que nos manda obedecer às autoridades é deturpado em sua interpretação; do institucional é transmudado em obediência cega a determinado partido, ideologia ou sistema econômico, levando à perda da dimensão profética, desafiadora, transformadora, que deve ser apanágio da comunidade dos remidos.

A perda da identidade não se dá apenas na sacralização do status quo (este regime = mais cristão), mas, de igual modo, na sacralização do status quo de determinado país estrangeiro ou modelo alternativo (outro regime = mais cristão).

Nota-se, cada vez mais, uma insatisfação quanto à presente maneira de ser e agir da comunidade evangélica, notadamente entre os jovens. Todos estão preocupados em expandir a influência da nossa fé libertadora pelo país, escravo do sincretismo, da idolatria, dos cultos falsos, dos valores negativos, onde grassa a cegueira espiritual, a imoralidade e a injustiça. A cada época, devemos reexaminar nossos deveres e possibilidades, em obediência à voz do Senhor, para a expansão do seu reino.

Lamento que sejamos — como evangélicos — uma multidão carente de discernimento, envolvimento, misericórdia, ardor pela justiça, amor pelos excluídos, coragem profética e coragem (e conteúdo) para fazer um país diferente. Vale a pena continuar tentando, esperando, intercedendo, clamando. 

Fonte: Robinson Cavalcanti / Ultimato 

Andre Lucas

Extraído de Sai do Muro

Acrescentando só mais uma coisa, NA MINHA OPINIÃO, púlpito de igreja não é palanque de comício, acho uma ideia legal os cristãos se interessarem mais pela política, não que se envolvam pra se elegerem, mas buscar ter mais conhecimento do mundo político porém sou extremamente contra político subir ao altar pra pedir voto! Deus abençoe você!

Felipe Guimarães

Oração de um pecador [Parte 2]

Jesus?

Oi filhão! =D

Er.. Oi… Sou eu de novo… To aqui de volta… Cansado e triste.

Porque?

Ah Jesus! Eu tentei! Tentei me levantar mas não consigo! Depois de nossa última conversa pensei que tudo iria fluir tranquilamente, mas ainda assim cai novamente! Isso parece impossível, nunca vou vencer!!

Você tem razão filho…

O que???? É impossível mesmo? Eu nunca vou vencer???

Exatamente! Você é carne, tem a tendência natural para o pecado.  É impossível deixar de pecar… MAS é nesse momento que entra o milagre da cruz. VOCÊ nunca vai vencer mesmo porque quem vence, SOMOS NÓS! Você tem tentado vencer o pecado atravé de sua própria força, mas é na minha força que você vencerá!
Lembra na semana passada o que te falei sobre os frutos de arrependimento?

Sim…

Então, conseguiu gerar algum?

No começo até que estava indo bem, mas depois…

Isso porque você se apoiou em sua força e em seu conhecimento. Achou que sozinho poderia vencer o pecado só que é o Espirito Santo quem vence o pecado em sua vida. Eu te falei que é Ele quem iria gerar em você o verdadeiro arrependimento. Outra pergunta, quanto tempo você investiu lendo minha palavra e me buscando em oração nesta semana?

Hum…. Bem pouco…

Filhão, lembra de João 15?

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.
Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto.
Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.
Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim.
Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.
Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.
Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.
Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.
Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.
Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo.
O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.
Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.
Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.
Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.

É preciso estar ligado na videira que sou eu filhão!

Mas é difícil voltar a orar como antes….

Filho, é como academia. Você não entra levantando 20k na primeira semana. Começa com pouco e gradativamente, a medida que seus musculos vão ficando fortes você levanta pesos maiores. Não estou aqui dizendo para você ler o novo testamento na primeira semana nem pra ficar orando por horas. Comece aos poucos, nem que for um único versículo, nem que for 5 minutos de suas 24h diárias.

Entendi…. Estava achando que em minha própria força eu venceria… É em Tua força que eu vou vencer e ser liberto do pecado, mas se não buscar ao Senhor e ao Seu Espirito, vou novamente cair. Preciso estar ligado na videira que é o Senhor.

É isso mesmo!

Mas e se eu cair de novo?

Bom, então levante de novo! Todo pecado, gera consequencias e sempre você terá que arcar com elas, mas através de meu sangue você encontra perdão e em mim um incondicional amor! Eu simplesmente jamais vou desistir de você. Não interessa o que ocorra, sempre estarei te amando e desejando cumprir em você os meus propósitos.

=D obrigado mais uma vez Jesus! Desta vez vou vencer através do poder do Teu Santo Espírito e não na minha força. Também te amo e quero fazer Tua vontade em minha vida!

Amém…
No amor de Jesus,
Fernando Ortega (Fer)

Extraído de Não Morda a Maçã

Oração de um pecador

Oi Jesus, sou eu..
Vim falar com o Senhor mais uma vez… Me sinto constrangido… Sempre é a mesma coisa… Peco e depois vou falar contigo pedindo perdão, mas me sinto um mentiroso, porque sempre acabo voltando as mesmas práticas… Só que no meu coração há o desejo de viver pra ti. Não queria estar neste ciclo… Mas eu não consigo!!! Na verdade nem queria estar aqui falando com o Senhor…. Não pelo Senhor, mas por mim mesmo. Poxa!! De novo cai e venho aqui falar com o Senhor… Mas e amanhã? Vou ficar caindo e pedindo perdão??? É muita cara de pau! Já não aguento mais isso!

Oi filho!
Que bom que você veio falar comigo! Tenho visto você viver esse ciclo de quedas.

Pois é! To aqui buscando perdão mas já com medo de amanhã! Parece que há uma certeza de que vou retornar a cair!!!

Filhão….o problema é que você não está verdadeiramente arrependido. O que você está sentindo é remorso. Está chateado com você mesmo, com o fato de não ser bom o suficiente pra mim. Só que você deveria se entristecer por estar pecando contra mim e não por “me desapontar”.
Remorso está para Judas assim como arrependimento está para Pedro.

Mas claro que estou desapontado comigo mesmo! Eu sou um lixo!

Filho, aprenda: Remorso gera frustração, arrependimento gera frutos.
O verdadeiro arrependimento precisa gerar frutos (Mateus 3:8). Isso é se reconciliar comigo.

Mas Jesus, eu não presto pra nada! To pecando direto!

Filho, o diabo é o acusador. Ele vai ficar lançando pensamentos em sua cabeça para que você se sinta um lixo. Dessa maneira, em vez de você se arrepender, sente remorso, sente pena de você mesmo por não alcançar algo que queria e falhou.  Remorso vem do homem mas o arrependimento é gerado pelo Espirito Santo.

Hum… Mas…. Eu não sei o que fazer…

Filho, a você tem deixado a voz do diabo falar mais do que minha voz. Por exemplo: Quando você faz algo que me adora, o diabo diz:
– Hunf! Vamos ver até quando isso vai… Aposto que vai cair logo, logo!
Por outro lado, o Eu te digo:
– Meu filho amado, estou feliz por isso. Eu te amo! Você é especial para mim e tenho um propósito em sua vida.
Agora, quando você peca o diabo diz:
– Não falei? Não falei???? Hahahaha! Você não vale nada!!! Você é isso ai seu lixo! Acha que engana quem com essa cara! Esse é seu “eu” verdadeiro! Hahaha! Que cara podre!
Por outro lado, eu digo:
– Meu filho amado, em mim você encontra perdão. Eu continuo te amando! Você é especial para mim e tenho um propósito em sua vida.
Mas você insiste em ouvir a voz do diabo…

Mas…. Eu to pecando direto!

Filho, por isso mesmo eu morri por você na cruz. Eu sei que você é falho, mas não há nada que você possa fazer que vá diminuir meu amor por você, meu amor é mais forte que a morte!

… Hum… Mesmo com este tanto de pecados? Eu fiz isso, aquilo e aquilo outro que eu jamais imaginei que faria! Cheguei verdadeiramente no fundo do poço!

Meu filho, não há pecado maior ou mais poderoso que meu sangue vertido na cruz por você.
Ignore a voz do mundo, do diabo e até mesmo a voz do seu próprio coração!

Então, o Senhor ainda me ama?

Hahaha! Claro filho! Meu amor é incondicional. Significa que não há pecado ou atitude suficientemente forte que possa diminuir meu amor por você. (Post Deus não te ama mais…) No entanto, isso não te dá o direito de sair por ai pecando. Eu tenho poder pra te libertar do pecado mas preste atenção como você vai usar essa liberdade.  (Gálatas 5)

E o que eu faço?

Ouça a minha voz. E uma maneria de fazer isso é lendo e conhecendo a bíblia. O que ela diz quando você peca?

Hum… 1 João 1:9 diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”

Exato! E ainda tem mais:
Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Salmo 32:5)
O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. (Provérbios 28:13)

Mas e se eu cair amanhã?

Eu disse, pare de ouvir a voz do seu coração, ouça a minha voz dita na bíblia. Olha estes versos:

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. De todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. (Salmos 119:9-11)

Creia mais em minha palavra do que em seu próprio coração. Ainda que seu próprio coração te aborreça, entregue-se ao que minha palavra diz, pois ela é maior do que seu coração enganoso. (1 João 3:20)

=)
Obrigado Jesus!!! Te amo!
Obrigado por me perdoar e limpar-me dos pecados. Obrigado por morrer na cruz e mostrado seu imenso e incondicional amor.

Também te amo filho! Sempre te amei! Antes de você  nascer eu já te amava. Tenho um propósito em sua vida e eu quero cumprí-lo!

Valeu Jesus! Amém…

No amor de Jesus,
Fernando Ortega (Fer)

Extraído de Não Morda a Maçã

Diário de um pecador

Mais uma vez cai…
Cara, não sei quanto tempo vou aguentar isso!! Deus está a kilometros de distância de mim!
Não consigo orar, ler a bíblia nem adorar a Deus na hora da música na igreja. Aliás, me sinto até mal nesse período…

Sinto saudades dos tempos em que estava bem íntimo de Deus… Ahh como era bom! Acordava e já estava alegre com sua presença ao meu redor. Devorava a bíblia, Lembro que ouvia claramente Deus falando comigo ali, através de um versículo! E como era bom ouvir Sua voz!
Como ansiava chegar o fim de semana para estar com meus amigos, meus irmãos! Era maravilhoso adorar a Deus junto com eles! Em meio a adoração, sentia sua presença em minha vida. Não estava preocupado se o momento da música terminava e mesmo quando o pastor iniciava a pregação eu ainda estava ali, no chão sorrindo pra Deus.

Onde foi que cai? Preciso voltar onde cai! Preciso voltar e retomar minha vida com Deus!
Não quero mais essa vida, já não quero mais beber deste fel! Porque fui trocar 2, 3 ou mesmo 15 minutos de prazer pela maravilhosa presença de Deus?
Mas ando tropeçando, caindo e batendo o rosto no chão, sinto o gosto do pó em meu paladar e não consigo parar de pecar!!! Meu olhos já nada veem! Foram vazados pela imundícia deste mundo! Não existe coragem, força nem audácia dentro de mim… Me sinto imundo! Como um balde usado para dar lavagens aos porcos! Estou todo ensanguentado!

Não consigo levantar e o orgulho me assola dia e noite! Não me permite  pedir ajuda. A vaidade ri sarcasticamente, me domina como se fosse um cão e manda em minhas emoções ! Me mantém no chão e tapa minha boca impedindo que clame por ajuda aos meus amigos!

– Ué? Como eles não percebem que você está mal? Eles nem se preocupam com você!
– Cala a boca vaidade!
– Não! Não te é prazeroso ficar no chão curtindo isso tudo?
– Sai daqui orgulho! Eu…. eu sei que preciso levantar… sei que preciso de ajuda…. mas não consigo….

Eu sei em minha mente que preciso do perdão de Deus, mas em mim mesmo não sinto nada! Droga! A vaidade e o orgulho me dominam, me castigam! Me sinto como o fariseu que convidou Jesus a sua casa e não o recebeu com amor…

Miserável homem que sou! Se não tenho o por quê morrer, pra que viver?

Os problemas me sufocam tirando toda minha esperança.

Onde estás ó homem valente? Onde está tua armadura? (Efésios 6:10-18) Onde está tua alegria? (Neemias 8:10) Não te lembras das palavras do teu Rei? (1 Timóteo 4:14-16) Porque olhastes para o incerto?  Porque não te arrependes ó minh’alma?
Não crês que teu Rei trará o perdão sobre ti? (1 João 1:8-9) Retoma a tua força, coragem e audácia. Afia tua espada e volta pra guerra! (Hebreus 4:12) Porque não te levantas? (Miquéias 7:8 | Salmos 37:23-24) A quem queres surpreender assim?

Porque não te humilhas ó minh’alma? (Tiago 4:6-10 | 1 Pedro 5:5-9) Porque não reconheces tua fraqueza? (Salmos 32:5) Volta a cantar ao teu Rei! Porque não crês mais na palavra que tão bem te guiava? (2 Timóteo 3:15-17) Porque não confias que podes receber perdão? (Hebreus 9:13-14)  Porque não crês que ele pode te restaurar a força e tirar esse jugo de acusação de teus ombros? (Mateus 11:28-30)

Lembra-te dos dias que estavas na presença do teu Deus e quão bom era ouvir Suas palavras (Salmos 119:72). Lava tuas mãos e purifica teu coração no sangue do teu Rei. (1 Jõao 1:7 | Atos 22:16) Bebe água do Rio de Deus! Corre, volta em busca de tua armadura. Exalta teu Deus e diante dele dança! Volta a ser guerreiro, volta para o posto de onde não deverias ter saído…

Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, E as escreverei em seus entendimentos; acrescenta:
E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades.
Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.
Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. – Hebreus 10:16-23

( ——- )

Espero que o Senhor o use pra abençoar sua vida. Acompanhe cada versículo inserido no post. Eles estão com links.
Também há outros 3 links para post relacionados a este post no texto.

Espero que você que se encontra nesta situação possa ser tocado pelo Espirito Santo pra que se levante e volte ao seu posto. Aproveite este fim de semana, na igreja volte aquele que é o amado de sua alma, retome sua intimidade com JESUS!

Tamo junto nessa querido(a)! Pode contar comigo!
Pra cima dele!

Que a glória da 2º casa venha sobre sua vida!

No amor de Jesus,
Fernando Ortega

Extraído de Não Morda a Maçã