Infelizmente o que vemos hoje…

Hoje podemos notar que a cultura jovem brasileira é a cultura do inverso, onde meninos estão mais afeminados que as meninas e que meninas estão com o comportamento pior do que o dos meninos (não que isso seja o ideal, mas em questão de pensamentos), está acontecendo a inversão dos papéis, não apenas no Brasil mas em todo mundo.

E o que temos feito ou o que tem se ensinado para os filhos? Onde irá parar essa inversão?

Não é muito difícil de reposder, mas é o que passamos, onde nossa cultura ensina aos jovens, o consumismo, as drogas, o alcóolismo, as festinhas e outras coisas que seduzem os olhos dos jovens.

Vivo em meio à jovens e adolescentes, cristãos e não cristãos, e posso ver como a juventude de hoje tem os desejos e anseios criados e moldados de um jeito ruim, para um lado ruim, meninas com atitudes que não se espera, meninos sendo moldados em roupas femininas, mas o que temos feito como igreja para mudar esses graves problemas?

O que podemos dizer do futuro? Meninos afeminados e meninas com desejos inadequados? Mas graças à Deus podemos ver dentro de igrejas jovens que se levantam e dizem não, em minha igreja a juventude, se mobiliza a não fazer a coisa errada, temos que ser a diferença, mostrar o diferencial.

Jesus é o nosso diferencial! Jesus é o que nos faz diferente, e o que importa ser diferente do mundo? É, concerteza, a coisa mais importante! Ser diferente do mundo, fazer coisas diferentes do mundo, e não ser apenas uma massa de manobra que o diabo está tentando levar com ele para o sofrimento eterno!

Viva intensamente, seja diferente, seja ignorado, seja zoado, seja o que tiver que acontecer, mas seja um salvo, seja um separado, seja alguém dedicado à Deus, e seja além de tudo alguém que Deus está se agradando!

Um bjo e um abrass …

@_LuizFelipeGui

Tá na Moda ou Ser Decente??

Mulher orandoBom, estive pesquisando com algumas meninas de minha igreja e com base nos comentários, 99% diz que tem que vir da pessoa e que se são verdadeiras cristãs iriam ser decentes.

Na bíblia em 1 Timóteo 2: 9 e 10  – “Quero também que as mulheres sejam sensatas e usem roupas decentes e simples. (…) Que se enfeitem com boas ações, como devem fazer as mulheres que dizem que são dedicadas a Deus!”

Aqui Paulo deixa como devem se vestir diante da sociedade as mulheres que se dizem dedicadas a Deus. O versículo diz para não ser como as mulheres que não pertencem a Deus, que se enfeitam com pentiados complicados, ouro e perolas e com roupas caras, porque demonstram sua felicidade no que podem colocar no exterior e as mulheres dedicadas a Deus é o interior com Deus que importa, não o que olhos vêem e sim o que Deus vê.

É claro que não é para você andar largada! Mas andar de uma maneira que não deixe o seu irmão agitado, que deixa a outra irmã com inveja e que desagrade a Deus.

A nossa moda tem q ser a vontade do Senhor e não o que o mundo exige, eu li uma frase esses dias que me deixou com essa dúvida: “Seu guarda-roupa é uma declaração pública de sua motivação pessoal e íntima.”

Claro que quem usa roupas indecentes, decotes, curtas …, tem que ver se está agradando o coração de Deus, eu não gostaria de chegar na igreja e encontrar uma irmã de vestido curtíssimo ou apertadíssimo, um decote que amostre o umbigo dela ou uma saia que tem menos de um palmo parecendo uma calcinha, eu acho muito desagradável.

E não basta ser apenas na igreja, se você é uma mulher (ou menina) de Deus, suas vestes mostram que você é temente a Deus, você é templo do Espirito Santo, deixe Ele fazer morada no seu interior e transformar  seu exterior.

Eu quero propor um desafio a você menina (ou mulher) que toda vez que estiver na dúvida, abrisse o seu guarda-roupa e perguntasse pra Deus qual o tipo de roupa que Ele gostaria que você usasse na determinada sitação! Que tal?

Bjs e Abrass …

Moda: Decência ou Decote?

Por procura irei proporcionar hoje um debate sobre moda para as adolescentes e jovens da igreja. A pergunta que vou deixar a você homem e mulher, um comentário com sua opinião sobre esse assunto, aí vai algumas perguntas:

  1. O que você pensa a respeito da decência nos dias de hoje?
  2. As adolescentes e jovens cristãs hoje estão se aderindo a que moda: a decente ou a do mundo?
  3. Será que estão agradando a Deus com esse jeito de se vestir?
  4. Dê sua sugestão de como as jovens podem melhorar o jeito de se vestir!

A sua resposta vai ser muito importante para algumas pessoas! Em breve comentarei e farei um estudo sobre esse tema mas gostaria de saber a sua opinião, coloque aqui e ajude a mudar para a glória de Deus!

Obrigado bjs e abrass

Adolescência Cristã: Eis-me aqui?!

Aos líderes:

A adolescência é uma fase de desafios para todo o ser humano incluindo àqueles que estão à sua volta. Nela, percebemos como somos egoístas, como lutamos para impor nosso ponto de vista e rejeitar tudo que parece hostil ou contrário (postura esta de ambos os lados). A incapacidade, aliás, a má vontade em se pôr no lugar alheio, e, isto por parte dos mais velhos, é algo preponderante na má formação do caráter secular / espiritual do jovem. Temos nas mãos cristãos nascidos e criados num mundo globalizado e dominado pela tecnologia. Rapidez e dinamismo são os ingredientes do cotidiano e, por isso, cada vez mais, parece tão difícil “segurar” os jovens na igreja.

Você pode fazer festas, reuniões para manter a galera sempre junta, passeios, congressos e tudo mais, porém, o adolescente não quer só teoria. Ainda a prática e o que pode ser observado tem um peso muito maior do que palavras apenas. O garoto vai por ir, mas, não permanecerá e perserverará na fé, simplesmente, porque ninguém disse a Verdade de maneira clara. Quando me refiro à clareza, não pense numa necessidade vital de usar gírias e coisas do tipo (nem tente, véio, se essa não é a tua, pois, fica forçado e dá pra perceber bem isso). Falo de franqueza, de conversa olhos-nos-olhos, de se relacionar de tal maneira a ser visto como um amigo confiável, alguém a quem se pode perguntar qualquer coisa sobre qualquer assunto! Qualquer mesmo.

Quando você, meu amigo, tinha 14 anos gostava de conversar com pessoas de que idade? O motivo era só a idade, o assunto, a maneira de falar ou a confiança no se fazer entender e ser entedido? Não resolve dizer que os de hoje em dia não querem nada, etc, etc, etc, até porque a Bíblia nos adverte sobre os que teriam comichão nos ouvidos ante à Palavra de Deus. Por outro lado, a questão não é esta porque existiram, existem e sempre existirão os que não se dobram diante de Baal. A estes, como se dá o seu relacionamento? Não espere ter a atenção na sua EBD ou seja lá o nome que for, se você próprio é alguém distante e não se dispõe ao acesso. Mostre que existe um ser humano atrás do terno e gravata que consegue se pôr na pele dos jovens de hoje sem aquele papo de “porque na minha época”, etc.

Será que temos o mesmo olhar de Paulo a Timóteo? Vê-los como futuro da igreja, como um grupo de ovelhinhas que precisam ser pastoreadas e enfileiradas uma atrás da outra para assim chegarem à fase adulta e serem felizes é algo tosco e covarde. Você cumpre o seu papel e eles cumprem o deles posando de crente. Este é o jogo do “me engana que eu gosto”. Ora, ora, será que é este o plano de Deus para esta geração? Este era o Seu olhar para o adolescente e futuro rei de Israel, Davi? Se você sabe que não porque teima em fazer diferente? Pobreza é liderar os jovens apenas para segurá-los na igreja sem se preocupar com seus conflitos, idéias e opiniões. O que acha ter alcançado o topo na escalada do conhecimento, melhor é nem passar na porta do ministério de ensino.

Se já tentaram lhe forçar a alguma coisa, você tem noção de como isto é chato. Conduza as vidas para a Cruz de Cristo seguindo o exemplo do Messias: vá aonde elas estão. Seja no orkut ou msn, se você não se relacionar com as suas ovelhas adolescentes o mundo irá fazê-lo. Preserve sim as suas raízes sem se isolar do presente e impedir o futuro. Não fique só no quadro-negro se eles também querem o data-show. Procure evidências de conversão, mas, não force os frutos, cultive-os e regue-os com a Palavra de Deus e com a oração.

Fazer somente aquilo que aos olhos “está bom” poderá levá-lo a ser um pastor de ovelhas coxas. Fazer somente aquilo que aos olhos é legal poderá levá-lo a ter um aprisco só de bezerrinhos e nada mais. Não impeça os outros de adentrarem o Reino de Deus. Clame ao Senhor e o Espírito Santo há de lhe mostrar as brechas e as pedras que tanto atrapalham a juventude. O cajado vem do alto para guiá-las. O alimento certo também.

Pense nisso e nos diga, se é líder de adolescentes, como tem feito para superar os desafios da adolescencia cristã.

Distância…

Distancia

Fiquei uma semana sem internet … foi um tédio!! e como poder relacionar isso com alguma coisa pra escrever pra vocês …. pensei, pensei pensei … ai surgiu escrever sobre a distância que está entre você e Deus.

Por ficar sem internet me senti distante das notícias, dos meus amigos, de várias coisas, e por estar um tempo sem ler a bíblia, sem um contato intimo você tem sentido falta de quê?

Provavelmente a resposta será Deus, não suas bênçãos mas sim sua presença, seu olhar, seu cuidado e proteção a nos rodear. Eu tenho percebido que essa idade (adolescência) tem esquecido de buscar a Deus, muitos por pensar que ainda não está na hora de “se preocupar com isso”, outros por falta de tempo, e muitos outros exemplos. Estamos lidando com a época das decisões que grudarão por um bom tempo se não for a vida inteira.

Temos que tomar a decisão certa: Jesus.

Seguí-Lo, buscá-Lo, adorá-Lo, exaltá-Lo, … Então não será a escolha errada conceteza.

Por muito tempo me senti distante de Deus … um tempo que não foi bom para minha vida, eu estava na igreja e não estava ao mesmo tempo, estava como a dracma perdida (Lucas 15).

Então você adolescente ou não, não fique longe do Senhor, não vale a pena, eu te garanto, Não vale apena!

Vou deixar uma música que descreve esse post:

Preciso de Ti – Diante do Trono

“Distante de Ti Senhor não posso viver
Não vale a pena existir
Escuta o meu clamor
Mais que o ar que eu respiro
Preciso de Ti”

Bjs e abrass.

Rebelução – Radicalize – Pegue Pesado – Parte 3

iPod

Meu iPod é meu melhor amigo

Na parte 2 da série, O Mito da Adolescência, que examinou os efeitos de nossa cultura saturada de mídia na nossa juventude. Argumentei que ela é apertar os jovens em um molde, onde a realização do caráter cristão e competência é quase impossível, ao oferecer em seu lugar um estaze de maturidade tecnológica, sexual e superficial na natureza, que resultará em uma geração de mentes vazias e os corações rasos.

Recebemos uma pergunta muito interessante de um adolescente, sua pergunta foi esta: “Como podemos alertar os nossos companheiros jovens para o que está acontecendo? Como podemos lutar contra isso em maior escala? “

Obrigado, Lauren, para tomar o tempo realmente pensar sobre essas coisas e fazer perguntas. Quando o nosso companheiro jovens tomam as verdades que Brett e eu temos estado a discutir e começar a agir sobre elas, ele valida tudo o que temos vindo a falar.

[Nota: Se você ainda não leu a Parte 1 e Parte 2 desta série, eu o encorajo a fazê-lo antes de continuar.]

Antes de podermos mudar a cultura, é preciso primeiro mudar a nós mesmos. Para fazer isso, deixe-me começar por delinear um conceito fundamental de uma rebelução.

Em Provérbios 13:20, lemos: “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos tolos sofre aflição.” O significado deste versículo é claro. Para falar francamente, nós nos tornamos como nossos companheiros. Esta é uma verdade simples, mas fundamental. Para nós, os jovens, fazer os nossos amigos a nossa principal fonte de companheirismo é afetivamente nossa ignorância e insensatez. Para andar com os sábios é caminhar com aqueles que são mais velhos, mais sábios, e melhores do que nós.

No entanto, não iremos colher a sabedoria plena deste versículo não reconhecermos que nossos companheiros não se limita apenas às pessoas. Nossos companheiros incluir, não só os nossos amigos e familiares, mas também a livros, revistas, jornais e gibis que lemos, os filmes e programas de TV que assistimos, os videojogos que jogamos, os blogs e sites que navegamos, e as músicas que ouvimos.

No mundo de informações carregadas de hoje, muitas pessoas passam mais tempo com esses não-humanos “companheiros” do que com os seus amigos. De acordo com um estudo publicado pela revista Business Week, o americano médio passa 9,5 horas por dia assistindo à TV, ir ao cinema, alugar vídeos, ler revistas, ouvir música e navegar na web. Isso foi em 1998. Desde então, o uso da Internet disparou, DVDs têm suplantado VHS, e o iPod deu início a uma nova era de isolamento de outros seres humanos.

O erro que muitos jovens caem é esta: enquanto nós podemos tomar o cuidado de que nossos companheiros humanos podem ser, damos pouco ou nenhum pensamento sobre a inúmeros outros companheiros que estamos constantemente a permitir que nos influencie. É por isso que meios de comunicação, de qualquer tipo, é uma arma tão poderosa sociedade. Nós não pensamos nisso como um companheiro.

Se queremos realmente caminhar com os sábios, devemos escolher a mídia que ler, ver e ouvir, com o mesmo cuidado que aplicamos para a seleção dos nossos amigos … Porque eles são nossos amigos.

Exportado de www.therebelution.com