O que faria Jesus sorrir?

     O que faria Jesus sorrir? Será que o que O faz sorrir é o mesmo que nos faz também? Bom, tenho uma referência aqui comigo, que sou eu mesmo, que gostaria de utilizar para pensar se as razões que fariam Jesus sorrir não seriam as mesmas que as nos fazem.

A gente geralmente sorri quando alguma coisa muito boa nos acontece. Assim, abro um sorriso quando me encontro com minha família. Ah! É muito bom poder abraçá-los e beijá-los… Como é gostoso estar com eles, conversar, brincar… Que coisa boa é fazer isto! Não seria esta uma boa razão do sorriso de Jesus? Não consigo ver nada que possa Lhe dar mais prazer do que estar com sua família. Sim, Jesus sorri quando está no meio de Sua família.

     Também abro os lábios em sorriso quando me encontro com meus amigos. Que alegria, que presente dos céus é ter amigos! Quantos momentos maravilhosos passamos juntos! A gente sorri à toa quando se está entre amigos. A gente se sente amado, se sente grande, se sente… Deus, quando criou a amizade, nos seu um pouco de sua própria essência, pois Deus é relacionamento. Estou certo de que Jesus abria um sorriso enorme quando se encontrava com seus amigos!

     Também me faz rir ouvir boas notícias. Saber de alguém que ficou bom de alguma doença; saber de problemas que foram resolvidos – nossos ou de outras pessoas; saber de conquistas e vitórias de gente querida; saber melhorias sociais e políticas (embora seja raro sorrirmos por esta razão, já me tirou um sorriso). Jesus exultava com as boas notícias que lhe eram trazidas. Ele tinha prazer em recebê-las e mesmo quando não as recebia Ele convertia a má notícia em boa. Ele gostava mesmo de boas notícias! Na verdade, Ele próprio se fez a melhor das notícias.

    Então, quer sorrir?  Curta sua família, mas curta o máximo que puder. Curta até dizer chega e se refestelar na cama de um cansaço extremamente prazeroso! Mas também se embrenhe no meio de seus amigos e faça isto a troco de nada. Faça tão somente para sorrir e fazer sorrir. Amigos e sorriso são uma boa combinação infalível. Por fim, fuja de notícia ruim. E não apenas procure boas notícias, mas crie você mesmo boas notícias para os outros. Faça-se boas notícias para os outros. pouca coisa nos faz rir tanto como o sabermos que podemos ser a causa de sorriso para alguém. Seja o sorriso de alguém ainda hoje!

   Mas quer dar o sorriso mais belo do mundo? Então, faça parte da família de Jesus amando-o e nele crendo; Deixe Jesus ser o seu melhor amigo e passe a rir com ele a toda hora. Ele vai amar, em gargalhadas, cada momento que você estiver com Ele. E, por fim, deixe sua vida ser uma boa notícia pra Jesus. Toda vida é uma ótima e exultante notícia para Jesus quando passa a lhe pertencer e se deixa ser cuidada por seu amor.

Beijos e abraços..

Felipe Guimarães.

Infelizmente o que vemos hoje…

Hoje podemos notar que a cultura jovem brasileira é a cultura do inverso, onde meninos estão mais afeminados que as meninas e que meninas estão com o comportamento pior do que o dos meninos (não que isso seja o ideal, mas em questão de pensamentos), está acontecendo a inversão dos papéis, não apenas no Brasil mas em todo mundo.

E o que temos feito ou o que tem se ensinado para os filhos? Onde irá parar essa inversão?

Não é muito difícil de reposder, mas é o que passamos, onde nossa cultura ensina aos jovens, o consumismo, as drogas, o alcóolismo, as festinhas e outras coisas que seduzem os olhos dos jovens.

Vivo em meio à jovens e adolescentes, cristãos e não cristãos, e posso ver como a juventude de hoje tem os desejos e anseios criados e moldados de um jeito ruim, para um lado ruim, meninas com atitudes que não se espera, meninos sendo moldados em roupas femininas, mas o que temos feito como igreja para mudar esses graves problemas?

O que podemos dizer do futuro? Meninos afeminados e meninas com desejos inadequados? Mas graças à Deus podemos ver dentro de igrejas jovens que se levantam e dizem não, em minha igreja a juventude, se mobiliza a não fazer a coisa errada, temos que ser a diferença, mostrar o diferencial.

Jesus é o nosso diferencial! Jesus é o que nos faz diferente, e o que importa ser diferente do mundo? É, concerteza, a coisa mais importante! Ser diferente do mundo, fazer coisas diferentes do mundo, e não ser apenas uma massa de manobra que o diabo está tentando levar com ele para o sofrimento eterno!

Viva intensamente, seja diferente, seja ignorado, seja zoado, seja o que tiver que acontecer, mas seja um salvo, seja um separado, seja alguém dedicado à Deus, e seja além de tudo alguém que Deus está se agradando!

Um bjo e um abrass …

@_LuizFelipeGui

Quanto custa ser um homem?

Segue um texto do pastor Paul Washer:

A perda da masculinidade nos nossos dias.

Nas escrituras e em muitas civilizações havia esta noção de que o macho ou era um menino ou era um homem. Não há muitos jovens que gostam de ser chamados de meninos. Então, havendo apenas duas opções, um jovem iria se esforçar para se tornar um homem, pois não quer ser um menino. Mas esta falsa idéia de “modelos evolucionários” trouxe uma terceira categoria: adolescentes.
Então agora quando um garoto atinge a idade de onze, doze anos, ele é chamado de adolescente. E é dito a ele que ele tem que se auto-descobrir, buscar autonomia, ser rebelde, etc.

Mas a bíblia não ensina que exista um período assim. E esta fase é perfeita para o cara preguiçoso, que quer experimentar os privilégios de um homem, mas não quer assumir as responsabilidades de um homem, e continua agindo como um menino, até a idade de trinta anos. A responsabilidade primordial de um homem santo é gerar homens santos. A responsabilidade primordial de um pai é investir sua vida, a todo custo, para criar seus filhos, de maneira que eles cheguem a idade de 17 ou 18 anos e possam assumir o título de homem.

homem bebe Quanto custa ser um homem?

Alguns jovens me perguntam: “Quando eu devo começar a namorar?”. O namoro é algo recente, cultural, que nasceu nos últimos cem anos para cá. É algo recreacional. Você quer sair com uma garota… por que? Porque você quer os privilégios de ter uma parceira ao seu lado mas sem assumir as responsabilidade de ter uma parceira. Então, quando eu posso começar a me relacionar com alguém do sexo oposto? Quando você se tornar um homem.

E o que quer dizer se tornar um homem?
De acordo com as escrituras, em primeiro lugar, é ser capaz de ser o líder espiritual de uma mulher e de uma casa. Antes disso, biblicamente, você não é considerado um homem. Não é apenas ter a capacidade de fazer isto, mas é assumir a responsabilidade, o peso nos seus ombros, de guiar espiritualmente sua família, ensinando e sendo exemplo.

Além disso, você estar pronto para proteger sua família. Não significa ser cheio de músculos, mas ter o caráter forte e necessário para enfrentar as adversidades que batem a porta. Não é obrigação da sua esposa fazer isto. É sua responsabilidade se colocar na porta para que sua mulher nunca tenha que enfrentar os problemas e seus filhos tenham um lugar seguro para crescer e se desenvolver.

Quando um rapaz pode iniciar um relacionamento?
Quando ele pode ser um provedor para aquela pessoa. Por exemplo, se seu pai e sua mãe ainda pagam suas contas, “você não tem o direito” de pensar em alguém do sexo oposto. Apenas porque você atingiu certa idade não quer dizer que pode participar de tudo o que diz respeito a um homem. Você pode ter vinte e um anos e ser ainda um menino. A bíblia sempre trata com homens: “e por esta razão o homem deixa seu pai e sua mãe para se unir a mulher”.

Esta idéia de namoro recreacional, “estou com ela porque gosto dela”, não existe na bíblia, nem mesmo nas culturas dos povos, exceto na cultura moderna ocidental. Os cristãos tem pelo menos cinco relacionamentos antes de se casarem, então quando chegam no altar, cinco partes deles estão espalhadas por aí. Eles não são uma pessoa completa. Você não pode entrar em um relacionamento, de qualquer tipo de intimidade, sem deixar uma parte de você mesmo para trás.

bebe homem Quanto custa ser um homem?

Não existe na bíblia a idéia de um garoto, debaixo do teto de seus pais, se alimentando da mesa deles, sustentado por eles, irá sair e se divertir com alguém do sexo oposto. Ela diz que para estar junto com alguém você deve deixar seu pai e sua mãe.

Então, tudo o que conhecemos terá que ser mudado? Exatamente. Mas se você é jovem, você crescerá rápido e se disser: “Eu não posso mais ser um garoto ou brincar com as coisas de garoto, e ao mesmo tempo esperar ter a permissão de participar nos privilégios de homens”.

Pais, é sua principal responsabilidade que quando seus garotos atingirem 18 anos, eles sejam homens. E por que a masculinidade bíblica se perdeu nos dias de hoje? Eu perguntava para um grupo de garotos: “Vocês estão no ensino médio. Vocês já escutaram seus amigos conversando sobre como crescer e se tornar um homem de verdade, desenvolver o meu caráter, ser capaz de tomar conta de mim mesmo, depois encontrar um esposa e criar uma família santa?” Não, eles estão todos brincando com Playstations e coisas assim.

Eu morei em uma tribo no Peru por muitos anos. Lá, quando um garoto tem 14 anos ele pode se casar, porque ele pode construir sua casa, pode fazer uma plantação, pode lutar para defender sua tribo de outras tribos. Mas na nossa cultura, a época do colégio é pura diversão, sem essa noção de “Eu tenho que me tornar um homem”. Depois, vem a universidade, que nada mais é que um colégio com pessoas mais velhas, onde o mesmo espírito permanece:

“Vamos pra festa! Vamos andar poraí com nossos amigos! Vamos continuar a nos divertir”.

E alguns, quando saem da universidade, continuam:

“Ótimo, agora eu tenho dinheiro, posso comprar mais Playstations! Posso ter mais hobbies e comprar brinquedos mais caros”.

E claro, eles querem sexo, então entram em um relacionamento. Mas, mesmo após o casamento, nunca assumem a responsabilidade de seu relacionamento. Pois não sabem que estão casando com uma esposa, acham que estão casando com uma “mãe”, então querem que o tratamento de “mãe” continue.

homem bebe2 Quanto custa ser um homem?

Os pais tem essa idéia de que quando seus filhos atingem a idade de 12 anos, 11 anos (e a idade continua diminuindo), e começam a pensar sobre o sexo oposto é chegada a hora deles entrarem em relacionamentos. Este não é o sinal de Deus de que seu filho deve entrar em um relacionamento, mas é o sinal de Deus que é hora de começar a trabalhar a sua masculinidade, para que com o tempo ele se torne um homem e possa entrar em um relacionamento. O mesmo vale para as meninas. A idéia de ter garotos e garotas de 12 e 13 anos se relacionando é doente.

O pior erro que você pode cometer é chegar para um de meus garotos e dizer: “Você é jovem, bonito, porque você não arranja umas namoradinhas?”. Eu vou lhe parar no mesmo instante e lhe manter distante dos meus filhos. Jovens garotos devem estar construindo castelos, lutando contra dragões e lendo Crônicas de Narnia.

O que acontece é que quando aquela faísca aparece, não há ninguém para direcioná-lo. Quem lhe ensina sobre isto é a televisão, revistas e outros garotos como você. É gasto muito tempo conversando sobre garotas, e jogos, e passeando por shoppings, e todo aquele tempo que deveria ser usado para desenvolver masculinidade e feminilidade é jogado fora.

Nos anos 60 e 70, nós quisemos dar ouvidos a grupos de feministas e homossexuais que queriam nos ensinar a como criar nossos filhos. Nós deveríamos ter ido nas escrituras, nas veredas antigas, nos caminhos do Senhor.

Houve o tempo em que os homens eram respeitados por colocarem comida na mesa. Agora, isto não é suficiente, você deve colocar dois carrões na garagem. E muitos homens e mulheres estão trabalhando e não é para colocar comida na mesa, é para comprar todos os brinquedos que a sociedade compra, pagar pelos seus hobbies e a crianças são esquecidas.

Sua obrigação não é dar as crianças todas as coisas que você nunca teve, pois foram as coisas que você nunca teve que fez de você o homem que você é hoje, e são estas coisas que você nunca teve e que você dá aos seus filhos que estão transformando-os em inúteis. Não devemos dar as nossas crianças tudo o que não tivemos, devemos dar a elas nós mesmos, um mentor, um pai, um líder.

Verso 19 de Gênesis 3 diz: “Do suor da tua face tu comerás o pão…”. Há tempos atrás, apenas pessoas milionárias viviam em mansões. Mas, na nossa sociedade moderna, achamos que qualquer pessoa que trabalhe meio-período tem o direito de morar em uma casa destas. Achamos que merecemos tudo, e que temos o dever de viver o estilo de vida que os ricos famosos vivem.

Não, não caiam na falsa idéia de que merecemos uma vida fácil, com várias férias, podendo viajar quando bem quisermos, que podemos terminar nosso trabalho no final do dia, trazer comida para casa, depois sentar na poltrona e ficar ali como um tronco de madeira morto, porque você merece. Isto está errado. Você deve viver do suor do seu trabalho. Esta é sua vida como homem. Você tem muitas obrigações a cumprir e pouco tempo para descansar. Sinto muito, isto é masculinidade.

Em suma, devemos acordar bem cedo, ir trabalhar, voltar para casa, e então nosso real trabalho começa. Temos uma esposa em casa para cuidar que precisa de muito mais do que apenas trazermos comida. E temos crianças que precisam ser discipuladas e mentoreadas. Então, desabamos na cama, para acordar no dia seguinte e fazer tudo de novo. Esta é a razão pela qual a mulher deve cuidar da casa e viver para seu marido, pois a vida dele é viver para eles.

bebe fazendo a barba Quanto custa ser um homem?

Nossa cultura prega que devemos ter uma vida fácil. Quando a queda aconteceu, no jardim, a vida fácil foi embora. Muitos homens trabalham, e eles odeiam isso, e eles ficam com suas famílias apenas suficiente para fazer o mínimo, e então podem fugir de seus trabalhos e de suas famílias para fazer algo que realmente gostem, e suas vidas ficam sempre nestes hobbies, nos esportes, em descansar, e outras coisas.

A única maneira de achar contentamento nesta vida é vendo o seu trabalho e suas responsabilidades nesta terra como ordenanças de Deus e aguardando sua recompensa no céu, realizando o trabalho que lhe é proposto e tirando sua alegria do fato de agradar a Deus ao assumir a responsabilidade de sua masculinidade.

Então não podemos praticar esportes ou descansar? Podemos, mas não tanto quanto gostaríamos, ou tanto quanto meus amigos, que não são casados ou não tem filhos. Existem fases diferentes em nossas vidas. Onde está seu coração? A verdadeira alegria não está em continuar sendo um menino eternamente, apenas com brinquedos mais caros e continuamente sendo cuidado por uma mãe, seja ela sua mãe mesmo ou sua esposa. A alegria e o contentamento vem de assumir sua responsabilidade que lhe foi proposta por Deus, de prover para sua família, e não apenas coisas físicas, pois isso é apenas uma pequena parte da provisão.

A pessoa mais importante na face da terra para um homem deve ser sua esposa.
E vice-versa. Uma terrível ilustração para isto é que, se eu estiver em um barco com minha mulher e meus filhos, e o barco estiver afundando, e apenas eu souber nadar e for capaz de salvar apenas uma pessoa, eu devo salvar minha esposa. Você já deve ter escutado: “Não há amor como o de mãe”, isso é errado, a bíblia fala que não há amor como o amor de um pai.

Você sabe porque tantas mulheres são tão ligadas as seus filhos?
Porque suas necessidades emocionais que deveriam ser supridas por seu marido não o são, então elas buscam esse suporte emocional nos seus filhos. O problema é que as crianças não foram feitas para nutrir emocionalmente os pais. Se o marido amar a esposa mais do que tudo, as crianças olharão e dirão: “Meu pai ama minha mãe mais do que tudo neste mundo. Este lar está seguro como uma rocha, papai não vai a lugar nenhum”. E a filha dirá: “Então é assim que um homem deve tratar uma mulher. Meu pai trata minha mãe como se fosse uma rainha. Eu não irei aceitar nada menos do que isto”.

Tradução e transcrição pela Equipe BC Heart da pregação “What it takes to be a man?”  – por Paul Washer
Disponível em áudio aqui (Inglês)

(exportado de NMM)

Do hard things!

FAZER COISAS DIFÍCEIS!

“Pois não faço o bem que quero, mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço”.

Romanos 7:19

 

 

 

 

Este versículo é muito conhecido  não é mesmo?? Encontramos ele em músicas, na TV, ouvimos na rádios, na igreja e nas traseiras de caminhões! Mas será que prestamos atenção no que ele diz?

“Pois não faço o bem que quero…”  este bem como assim não é feito? (você pode se perguntar) Este bem significa na hora da sua ira, não chingar, não devolver na mesma moeda, siginica todas as coisas boas que você conhece, e “(…)  mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço” poxa eu não preciso nem exolicar está tudo  tão claro, a palavra de Deus é simples e de fácil entendimento.

Por isso, que ao meu pensar, fazer coisas difíceis é o seguinte: Ler a bíblia sem ser a noite quando não tem mais nada para se fazer, orar não só na hora da refeição… Bom, eu sei que isso é difícil por que pra mim já foi difícil, é como diz aquele versículo:

“Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.”

2 Coríntios 12:10

Na nossa fraqueza é que Deus mostra a sua glória e misericórdia em nós, é que damos espaço para Ele agir. E este aqui também:

“Quero dizer a vocês o seguinte: deixem que o Espírito de Deus dirija a vida de vocês e não obedeçam aos desejos da natureza humana.”

Gálatas 5:16

É isso, deêm lugar ao Espírito Santo de Deus, e não ao mundo, aos amigos, ao  diabo. Sejam abertos para que o Espírito Santo dirija a vida de vocês.

Bjs e Abrass,

#GodBlessYou

Nossa Nação

Passam-se os dias

E noites,

Meu coração

Sempre a pesar.

Com choros

Inexprimíveis,

Meu coração angustiado

Clama por justiça.

Essa nação corrupta,

Fazem coisas que lhe aprazam.

Pessoas morrem todos

Os dias por causa

Da ganância desse povo.

Só pensam

Em si mesmos.

Crianças clamando

Por seus pais,

Com lagrimas escorrendo

Em suas faces

Sem terem

Aonde ir.

Sem nenhuma

Compaixão

Eles matam

Para satisfazerem

Seus desejos;

Soberbos!

Por causa

De miseráveis

Papéis coloridos.

Sem sentido.

Essa é minha nação!

Vinicius da Silva Melga

Aqui foi um poema de um amigasso… Abrass e Bjs

Adolescência Cristã: Eis-me aqui?!

Aos líderes:

A adolescência é uma fase de desafios para todo o ser humano incluindo àqueles que estão à sua volta. Nela, percebemos como somos egoístas, como lutamos para impor nosso ponto de vista e rejeitar tudo que parece hostil ou contrário (postura esta de ambos os lados). A incapacidade, aliás, a má vontade em se pôr no lugar alheio, e, isto por parte dos mais velhos, é algo preponderante na má formação do caráter secular / espiritual do jovem. Temos nas mãos cristãos nascidos e criados num mundo globalizado e dominado pela tecnologia. Rapidez e dinamismo são os ingredientes do cotidiano e, por isso, cada vez mais, parece tão difícil “segurar” os jovens na igreja.

Você pode fazer festas, reuniões para manter a galera sempre junta, passeios, congressos e tudo mais, porém, o adolescente não quer só teoria. Ainda a prática e o que pode ser observado tem um peso muito maior do que palavras apenas. O garoto vai por ir, mas, não permanecerá e perserverará na fé, simplesmente, porque ninguém disse a Verdade de maneira clara. Quando me refiro à clareza, não pense numa necessidade vital de usar gírias e coisas do tipo (nem tente, véio, se essa não é a tua, pois, fica forçado e dá pra perceber bem isso). Falo de franqueza, de conversa olhos-nos-olhos, de se relacionar de tal maneira a ser visto como um amigo confiável, alguém a quem se pode perguntar qualquer coisa sobre qualquer assunto! Qualquer mesmo.

Quando você, meu amigo, tinha 14 anos gostava de conversar com pessoas de que idade? O motivo era só a idade, o assunto, a maneira de falar ou a confiança no se fazer entender e ser entedido? Não resolve dizer que os de hoje em dia não querem nada, etc, etc, etc, até porque a Bíblia nos adverte sobre os que teriam comichão nos ouvidos ante à Palavra de Deus. Por outro lado, a questão não é esta porque existiram, existem e sempre existirão os que não se dobram diante de Baal. A estes, como se dá o seu relacionamento? Não espere ter a atenção na sua EBD ou seja lá o nome que for, se você próprio é alguém distante e não se dispõe ao acesso. Mostre que existe um ser humano atrás do terno e gravata que consegue se pôr na pele dos jovens de hoje sem aquele papo de “porque na minha época”, etc.

Será que temos o mesmo olhar de Paulo a Timóteo? Vê-los como futuro da igreja, como um grupo de ovelhinhas que precisam ser pastoreadas e enfileiradas uma atrás da outra para assim chegarem à fase adulta e serem felizes é algo tosco e covarde. Você cumpre o seu papel e eles cumprem o deles posando de crente. Este é o jogo do “me engana que eu gosto”. Ora, ora, será que é este o plano de Deus para esta geração? Este era o Seu olhar para o adolescente e futuro rei de Israel, Davi? Se você sabe que não porque teima em fazer diferente? Pobreza é liderar os jovens apenas para segurá-los na igreja sem se preocupar com seus conflitos, idéias e opiniões. O que acha ter alcançado o topo na escalada do conhecimento, melhor é nem passar na porta do ministério de ensino.

Se já tentaram lhe forçar a alguma coisa, você tem noção de como isto é chato. Conduza as vidas para a Cruz de Cristo seguindo o exemplo do Messias: vá aonde elas estão. Seja no orkut ou msn, se você não se relacionar com as suas ovelhas adolescentes o mundo irá fazê-lo. Preserve sim as suas raízes sem se isolar do presente e impedir o futuro. Não fique só no quadro-negro se eles também querem o data-show. Procure evidências de conversão, mas, não force os frutos, cultive-os e regue-os com a Palavra de Deus e com a oração.

Fazer somente aquilo que aos olhos “está bom” poderá levá-lo a ser um pastor de ovelhas coxas. Fazer somente aquilo que aos olhos é legal poderá levá-lo a ter um aprisco só de bezerrinhos e nada mais. Não impeça os outros de adentrarem o Reino de Deus. Clame ao Senhor e o Espírito Santo há de lhe mostrar as brechas e as pedras que tanto atrapalham a juventude. O cajado vem do alto para guiá-las. O alimento certo também.

Pense nisso e nos diga, se é líder de adolescentes, como tem feito para superar os desafios da adolescencia cristã.