Prioridade

checklist

Parece bem simples, na verdade. Uma sequência quase lógica, uma fórmula quase mágica de felicidade: primeiro Você, e então tudo o mais vem com a abundância que tem que vir, e eu nem me importo com a forma, porque já estaria tão plena e cheia e feliz, que o que viesse seria bônus. Um presente a mais por já estar feliz da vida na Presença que importa. Depois, se algum desespero, ou mesmo aquela ‘ansiosa solicitude pela vida’ quisessem massacrar meus sentimentos, era só suplicar confiadamente na paz que eu não entendo e ela guardaria, na concha da mão, mente e coração. Mas o coração, ah. Ele. Ele e o vendaval de afetos e desafetos que embaraçam as minhas escolhas todo dia.

Não é ingratidão. Aliás, obrigada pela liberdade (ainda que a minha noção de liberdade esteja confusa desde sempre). Só queria te dizer que é muito difícil, mas escolho a confiança que Você diz que eu posso ter. Só queria reafirmar que estou tentando querer tanto uma coisa a ponto de deixá-la nas suas mãos. Sonhar tanto, até não buscar o sonho como primeiro objetivo de vida. Desejar tanto e esperar.

Se os seus pensamentos de paz incluem os meus sonhos mais detalhistas, eu digo sim. Se não incluem, digo sim de novo, para aceitar sonhos melhores. E essa paz que eu não entendo, e nem preciso entender, me traz a alegria que deixa o rosto bonito. Porque as melhores coisas da vida não são conquistadas com a ansiedade corrosiva que vem do inferno, mas no descanso de quem é amado.

E cedinho, como hoje, ontem e todos os dias em que arrisco um olhar profundo pro céu, digo: ‘obrigada, eu sabia que seria bom’. E a resposta vem num sussurro, dentro de mim: ‘mas você, como todo mundo, nunca sabe que será surpreendente’.

Me ensina a buscar o que importa e a enxergar que é Você a recompensa. E o que vier depois disso vai se juntar à imensa alegria de pertencer a quem tem em Si mesmo todo amor e satisfação que alguém pode querer.

Busquem, pois, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça,
e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.
Mateus 6.33

Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam
os vossos pedidos conhecidos diante de Deus, pela oração e súplica
com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo
o entendimento, guardará os vossos corações e
os vossos pensamentos em Cristo Jesus
Filipenses 4. 6-7

Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor;
pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
Jeremias 29.11

Anúncios

Riscos e Rabiscos

A infância é uma das mais belas fases da vida do ser humano, nela existem experiências únicas, as quais constituem o caráter de uma pessoa. Os poetas, filósofos, cientistas e tantos outros estudiosos, concordam com o pensamento: A infância é bela.

Uma cena a qual pode ser observada em crianças pequenas é a exploração do mundo mediante os desenhos que elas produzem. Os desenhos começam em folhas de papel e terminam nas paredes da casa. As mães e os pais, quando percebem este fato, ora riem, ora gritam com as crianças.

Meu questionamento é: Se os pais desenhassem com seus filhos eles fariam isso? Se eles tivessem um guia isso aconteceria?

Você pode não ser uma criança de 3, 4, 5 ou 6 anos, todavia ainda “tem um lápis em sua mão”. Este lápis você utiliza no seu cotidiano, para escrever a sua história de vida. O papel pra você expressar seus sentimentos, já não é mais o de celulose, mas o papel que é confeccionado com a vida de outras pessoas e a sua. Todos os dias você risca, escreve, registra a sua marca na vida de uma pessoa e na própria vida também. Algumas pessoas podem riscar coisas ruins em nossas vidas, como tristeza, desprezo, palavras más e ações que não nos fará felizes. Já outras registram em nossas vidas expressões de amor, cuidado, carinho, esperança e outros bons sentimentos e ações. Essas marcas podem ser boas ou ruins, o grande problema é que não há borracha para apagar as marcas em nossas vidas. O que há é uma nova história de vida caso você queira.

Você pode escolher escrever a sua vida como uma criança independente do PAI(no seu caso e no meu Deus) ou esperar que ele segure a sua mão e lhe ajude a escrever. Deus tem projetos de vida, pra mim e pra você, mas muitas vezes nós não permitimos que Ele nos ajude a executá-los. A nossa ansiedade nos cega e só conseguimos perceber a possibilidade a qual nós achamos ser a mais correta, e normalmente a única solução para um fato que nos aflige.

Muitas pessoas tem dificuldades em estabelecer relacionamentos afetivos, pois estão fragmentadas. Elas são frutos de inúmeras relacões fracassadas. Somos como folhas, cada vez que nos relacionamos com uma pessoa, nos aderimos a ela. Uma folha colada só descola de outra rasgando. Inúmeras são as marcas em ambas. As marcas são impressas em ambas as “folhas”.

Escolher esperar é compreender que não há necessidade de sair por ai colando em todo mundo, pois sabemos que isso não é saudável pra ninguém. Não fique por ficar. Estabeleça um relacionamento saudável e duradouro visando o casamento. Inúmeras pesquisas afirmam que as primeiras experiências são pilares em nossa vida, ou seja, fundamentos em nossa vida emocional.

Pergunte ao Pai qual é a direção do risco, onde você deve riscar e quem pode permitir riscar você, não se permita por toda a vida ser riscado(a) por pessoas que não querem o seu bem e que estejam fora dos planos do arquiteto celeste, e cuidado ao riscar a vida alheia, pois os rabiscos não saem da folha da vida

Uma nova história Deus tem pra você!

Gustavo Pestana

Extraído de Eu Escolhi Esperar

O que faria Jesus sorrir?

     O que faria Jesus sorrir? Será que o que O faz sorrir é o mesmo que nos faz também? Bom, tenho uma referência aqui comigo, que sou eu mesmo, que gostaria de utilizar para pensar se as razões que fariam Jesus sorrir não seriam as mesmas que as nos fazem.

A gente geralmente sorri quando alguma coisa muito boa nos acontece. Assim, abro um sorriso quando me encontro com minha família. Ah! É muito bom poder abraçá-los e beijá-los… Como é gostoso estar com eles, conversar, brincar… Que coisa boa é fazer isto! Não seria esta uma boa razão do sorriso de Jesus? Não consigo ver nada que possa Lhe dar mais prazer do que estar com sua família. Sim, Jesus sorri quando está no meio de Sua família.

     Também abro os lábios em sorriso quando me encontro com meus amigos. Que alegria, que presente dos céus é ter amigos! Quantos momentos maravilhosos passamos juntos! A gente sorri à toa quando se está entre amigos. A gente se sente amado, se sente grande, se sente… Deus, quando criou a amizade, nos seu um pouco de sua própria essência, pois Deus é relacionamento. Estou certo de que Jesus abria um sorriso enorme quando se encontrava com seus amigos!

     Também me faz rir ouvir boas notícias. Saber de alguém que ficou bom de alguma doença; saber de problemas que foram resolvidos – nossos ou de outras pessoas; saber de conquistas e vitórias de gente querida; saber melhorias sociais e políticas (embora seja raro sorrirmos por esta razão, já me tirou um sorriso). Jesus exultava com as boas notícias que lhe eram trazidas. Ele tinha prazer em recebê-las e mesmo quando não as recebia Ele convertia a má notícia em boa. Ele gostava mesmo de boas notícias! Na verdade, Ele próprio se fez a melhor das notícias.

    Então, quer sorrir?  Curta sua família, mas curta o máximo que puder. Curta até dizer chega e se refestelar na cama de um cansaço extremamente prazeroso! Mas também se embrenhe no meio de seus amigos e faça isto a troco de nada. Faça tão somente para sorrir e fazer sorrir. Amigos e sorriso são uma boa combinação infalível. Por fim, fuja de notícia ruim. E não apenas procure boas notícias, mas crie você mesmo boas notícias para os outros. Faça-se boas notícias para os outros. pouca coisa nos faz rir tanto como o sabermos que podemos ser a causa de sorriso para alguém. Seja o sorriso de alguém ainda hoje!

   Mas quer dar o sorriso mais belo do mundo? Então, faça parte da família de Jesus amando-o e nele crendo; Deixe Jesus ser o seu melhor amigo e passe a rir com ele a toda hora. Ele vai amar, em gargalhadas, cada momento que você estiver com Ele. E, por fim, deixe sua vida ser uma boa notícia pra Jesus. Toda vida é uma ótima e exultante notícia para Jesus quando passa a lhe pertencer e se deixa ser cuidada por seu amor.

Beijos e abraços..

Felipe Guimarães.

Amizade =)

Amizade

Hoje, vou falar sobre amizade … De um tempo pra cá eu venho fazendo novos amigos e assim que conheço a tanto pouco tempo que já deixaram um marco, amigo é aquele que te apoia e ajuda nos momentos difícies da vida, aquele que te corrige quando você está errado, mas corrige com amor, claro, e assim, eu agradeço a Deus pelos amigos que me deu, uns de longe outros de perto, e este post é pra você meu amigo, agora é a minha declaração de amizade! Rsrsrs..

Amigo(a), você é mto especial pra mim, você já tomou um pedaço do meu coração, você pode pensar que não, mas você é especial, todo dia eu oro por você, e peço a Deus que nossa amizade dure por muito tempo, e quero que ela permaneça lá no céu! Um Bjo e Um Abrass, Deus te abençoe!

Pra você que recebeu essa mensagem, sinta-se privilegiado! rsrsrs … Mas que seus dias possam ser iluminados por Deus,saiba de uma coisa: tenha Jesus como seu melhor amigo, ele nunca vai te magoar!

Até mais!

@_LuizFelipeGui

Jesus: O Melhor Amigo..

Amigos Amizade, coisa boa que Deus criou. A amizade é algo que podemos contar uma história agora:

“Alemanha, 2ª Guerra Mundial. Bruno, de 8 anos, é filho de um oficial nazista que assume um cargo em um campo de concentração. Isto faz com que sua família deixe Berlim e se mude para uma área desolada, onde não há muito o que fazer para uma criança de sua idade. Ao explorar o local ele conhece Samuel, um garoto aproximadamente de sua idade que sempre está com um pijama listrado e do outro lado de uma cerca eletrificada. Bruno passa a visitá-lo frequentemente, surgindo entre eles uma amizade. Só que um dia Samuelo convida para conhecer seu alojamento e seu pai, sem saber que era um campo de concentração, Samuel e Bruno são levados para a câmara de gás e morrem.”

Essa história é de um livro, que ao ler e ver ao filme me tocou muito, me mostrou o verdadeiro valor da amizade, que amizades são construídas por apenas um momento, um ato, um gesto!

Mas queria contar uma outra história:

“Um dia, Deus olhou para o mundo e não estava satisfeito com o que o povo estava fazendo, e decidiu mudar toda a história da humanidade. Decidiu então mandar o seu único filho e matá-lo para que houvesse uma nova forma de que as pessoas se achegassem a Ele, sem que houvesse alguma barreira. Ele decidiu sacrificar seu único filho para que você se tornasse mais um de seus filhos, Jesus deixou de ser único para ser primogenito!”

Essas duas histórias são bem interessantes, mais a que eu gostaria de te mostrar é que (com base nas histórias), Você seria Samuel e Jesus Bruno, você estava já condenado a morte, morte eterna, e então você decide ter um reacionamento com Jesus, e então convida Jesus para a sua vida, Você morre mas Jesus tabém já foi morto, para levar toda a sua culpa, sua dívida, seu pecado e sua morte, para que você puldesse nascer de novo e deixasse o velho homem morto no passado e tivesse um lindo futuro ao lado de Jesus.

Jesus é o seu melhor amigo? Você o aceita como melhor amigo? Para que tivessem uma nova vida ao seu lado! Sem dor, culpa, medo, pecado e morte! Aceite-o como seu melhor amigo, crie um relacionamento com Ele, e tenha a VERDADEIRA FELICIDADE!!! A vida ao lado dEle vai ser difícil, mas quem perceverá receberá a coroa da vida (Tiago 1:12).

Natal…

Natal com Jesus

Bem, assim eu não vou te dizer que o natal é isso ou não é aquilo, mas para o mundo é o nascimento de Jesus, vou dar uma dica, que o natal não seja o nascimento de um Jesus de presépio e sim o nascimento do Jesus Redentor, Salvador, Amigo e Vencedor, não deixe que Jesus seja lembrado somente no natal e sim que a cada novo dia que você acordar Ele nasça e faça o seu dia iluminado … Quando Jesus veio a terra separaram para Ele um lugar desprezível e pobre, mas que hoje você separe um lindo lugar no seu coração, que Ele possar ser a luz de seu caminhos!

Um Feliz natal e que seja uma noite abençoada para você e sua família!

Deus os Abençoe pois Ele é o maior presente que podemos receber nesta data!

Bjs e Abrass…

Propósito Firme

“Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti” (Is 26.3).

Às vezes me assusto com a falta de firmeza do povo de Deus. Fico perplexo com a inconstância de suas atitudes e com as repentinas mudanças em seu humor; causa-me apreensão a instabilidade de sua fé. Então me pergunto: o que está acontecendo? Até quando continuaremos a oscilar espiritual e emocionalmente, ouvindo de Deus que o nosso “amor é como a nuvem da manhã, e como o orvalho da madrugada, que cedo passa” (Os 4.4)?

Parece que estamos repetindo os mesmos erros do povo de Israel, que no deserto foi uma “geração obstinada e rebelde, geração de coração inconstante, e cujo espírito não foi fiel a Deus” (Sl 78.8). Naquela época, quando o Senhor “os fazia morrer, então o buscavam; arrependidos procuravam a Deus. Lembravam-se de que Deus era a sua rocha, e o Deus Altíssimo o seu redentor. Lisonjeavam-no, porém de boca, e com a língua lhe mentiam.

Porque o coração deles não era firme para com ele, nem foram fiéis à sua aliança” (vs. 34-37). Em compensação, neste mesmo período, dois homens adotaram uma postura diferente. Eles tinham os mesmos motivos para pecar e murmurar como todo o povo de Israel. Mas a atitude deles contrariou a da maioria (1Co 10.5). Por isso, Deus disse: “certamente, os varões que subiram do Egito, de vinte anos para cima, não verão a terra que prometi com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, porquanto não perseveraram em seguir-me, exceto Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, porque perseveraram em seguir ao SENHOR” (Nm 32.11,12).

Ou seja, por causa da perseverança, ambos puderam entrar na terra prometida! Futuramente, em decorrência desta postura, a terra de ”Hebrom passou a ser de Calebe”, como herança, “visto que perseverara em seguir o Senhor, Deus de Israel” (Js 14.14)
Hoje consigo entender melhor porque alguns filhos de Deus são bem sucedidos, e outros, não. Ao contrário do que muitos imaginam, não é a sorte nem o meio em que vivemos que definem o nosso futuro, mas a nossa atual firmeza de propósito e confiança em Deus. Ora, Salomão escreveu que “por mais que o preguiçoso deseje alguma coisa, ele não conseguirá, mas a pessoa esforçada consegue o que deseja” (Pv 13.4, NTLH).

Muitas pessoas ficam se lamentando pelo passado enquanto o presente e o futuro escapam de suas mãos. Conforme o profeta Isaías, o Senhor promete manter em perfeita paz aquele cujo propósito é firme! Quantas pessoas hoje são deficientes em suas vidas simplesmente porque não perseveram na vontade de Deus.

Arquitetam projetos, mas diante do primeiro desafio, abortam a sua execução; iniciam planos, mas vão desanimando no decorrer de sua concretização; começam a fazer coisas sem ir até o seu final, desperdiçando, assim, tempo e recursos. Depois, justificam: “não era da vontade de Deus!” Será mesmo?

No livro de Tiago, está registrado que “aquele que considera atentamente na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar” (Tg 1.25). Que promessa! Se formos perseverantes na palavra de Deus, seremos bem-aventurados naquilo que realizarmos, não importando o que possa vir a ser. Ora, no livro de Provérbios encontramos que “a perseverança pode vencer qualquer dificuldade” (25.15, NTLH).
Se observarmos a vida do apóstolo Paulo, que para nós todos é um exemplo de liderança e sucesso – basta ver o que Deus fez em termos de evangelização e edificação da igreja somente através dele -, concluiremos que um ingrediente especial em sua carreira foi a firmeza de espírito.

Ele escreveu: “não desanimamos: pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo o nosso homem interior se renova de dia em dia” (2Co 4.16). Além dele, Jesus, mais do que uma vez, disse aos seus discípulos que eles seriam odiados de todos: porém, quem “perseverar até ao fim, esse será salvo” (Mt 10.22 e 24.13). O escritor de Hebreus, por fim, também advertiu: “tendes necessidade de perseverança, para que havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Porque ainda dentro de pouco tempo aquele que vem virá, e não tardará; todavia, o meu justo viverá pela fé, e: se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma” (10.36-39).
A perseverança é necessária justamente quando tudo parece estar contra nós. Salomão ensinou: “não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes, no temor do Senhor perseverarás todo dia” (Pv 23.17). Já o salmista declarou, com toda a segurança, que o homem que teme ao Senhor “não se atemoriza de más notícias; o seu coração é firme, confiante no SENHOR. O seu coração, bem firmado, não teme, até ver cumprido, nos seus adversários, o seu desejo” (Sl 112.7,8). Se perseverarmos – ainda que isso leve um bom tempo -, é certo que a vitória chegará! Portanto, oremos como Davi: “ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme” (Sl 51:1).

Fiquem no amor de Cristo, um forte abrass e bjkas!!